O brasileiro Emerson Palmiere assina com o Chelsea da Inglaterra.

Mercado da Bola

Quando falamos nas categorias de base do Santos e nos ótimos jogadores que ela revela para o futebol mundial sempre nos lembramos de nomes como Robinho e Neymar, que neste milênio deixaram o Peixe rumo a Real Madrid e Barcelona respectivamente com o status de futuros melhores jogadores do mundo.

Porém, estas revelações santistas vão muito além disso e estão espalhadas em grandes clubes da Europa, como é o exemplo de Alex Sandro, que passou pelo Porto e hoje está na Juventus e Danilo, outro ex-Porto que atualmente está no Manchester City por pedido de Pep Guardiola.

Outro jogador que saiu com o carimbo de Menino da Vila e acaba de se juntar a um dos maiores clubes da atualidade é o lateral esquerdo Emerson Palmieri, que deixou o Santos rumo à Roma no ano passado e recentemente se tornou jogador do Chelsea de Antonio Conte.

Emerson Palmieri dos Santos nasceu em Santos no dia 13 de março de 1994, e desde cedo teve exemplo em casa para se tornar um jogador de futebol profissional, já que é irmão do também lateral esquerdo Giovanni Palmieri, que pertence ao Fluminense e no ano passado jogou a temporada emprestado no América-MG.

Emerson foi promovido ao time profissional do Santos em 2011, apenas 2 anos após chegar nas categorias de base do clube, ainda que nos primeiros anos revezasse períodos de jogos nos times de base e também entre os profissionais do Peixe.

Começou a ganhar mais destaque e mais chances no clube conforme o ídolo Léo foi passando da lateral esquerda para jogar no meio campo, assim como assumiu por diversas vezes o lugar de Mena que na época era constantemente convocado para defender a Seleção do Chile.

Este sucesso com a camisa do Santos começou a chamar a atenção de alguns clubes estrangeiros, como é o caso do Palermo que recebeu o jogador por empréstimo durante a temporada 2014-15.

Após o final do período de empréstimo o jogador voltou ao Santos em Julho de 2015, mas logo acabou voltando para a Itália para usar uma camisa ainda mais pesada, a da Roma.

Usando a camisa do clube da capital o jogador agradou, tanto que acabou tendo o seu passe comprado pelos italianos pelo valor de 2 milhões de euros para ficar definitivamente por lá.

E não foi somente a Roma que viu o potencial de Emerson, que tem dupla cidadania e é brasileiro e italiano. Por conta desta cidadania italiana o jogador acabou se tornando o décimo brasileiro a vestir a camisa da Squadra Azzurra, muito por conta da falta de perspectiva de uma chance rápida no Brasil em uma posição completamente dominada por Marcelo e Filipe Luís.

Mesmo com este sucesso no futebol italiano o jogador acabou não entrando em campo nesta edição da UEFA Champions League, fato que ajudou a ser contratado pelo Chelsea para o restante da competição.

Emerson Palmieri assinou com o Chelsea por 20 milhões de Euros, dando ao clube santista ainda mais 700 mil euros por conta de ser o clube formador do atleta.