Gabriel Jesus a estrela de Guardiola no Manchester City

Brasileiros na Europa

Foram reveladas recentemente fotos do menino Gabriel Jesus pintando a sua rua onde morava na infância para os jogos da Copa do Mundo de 2014. E é muito irônico saber que aquele garoto que fazia um ato tão comum aos garotos de sua idade 3 anos atrás viu a sua vida virar de cabeça para baixo em tão pouco tempo, se transformando em um dos atacantes mais badalados do mundo e esperança de títulos no próximo ano tanto para a Seleção Brasileira quanto para o Manchester City, seu atual clube.

Gabriel Fernando de Jesus nasceu no bairro paulista do Jardim Peri Alto na Zona Norte da capital no dia 3 de abril de 1997. Apaixonado por futebol desde cedo, o menino que surgiu praticamente do nada para resolver o problema da falta de atacantes na Seleção Brasileira ironicamente iniciou a sua carreira no futebol jogando como zagueiro no clube amador do Tremembé Pequeninos do Meio Ambiente.

Segundo o seu treinador da época, o menino se destacava dos demais por conta da sua grande raça em campo. O jogador ficou neste clube amador até 2011, quando se mudou para o Anhanguera, outro clube amador mas desta vez de dois empresários como proprietários.

Foram os donos do clube que conseguiram a grande chance dos meninos do time, de enfrentarem o Palmeiras em um amistoso onde o grande destaque acabou por ser mesmo Gabriel Jesus, que após apenas 8 meses de Anhanguera foi convidado para treinar nas categorias de base do Verdão.

O time do Palmeiras sempre soube a verdadeira joia que tinha nas mãos. Pela base no Campeonato Paulista Sub-17 foram nada menos do que 37 gols em 22 jogos, que logo lhe valeram a chance de jogar na Copa São Paulo de Futebol Júnior do ano seguinte, chegando logo ao time principal após a competição que abre o calendário do futebol nacional no mês de janeiro.

A estreia de Gabriel Jesus como jogador profissional de futebol com a camisa do Palmeiras aconteceu no dia 7 de março de 2015, em partida pelo Campeonato Paulista contra o Bragantino. O primeiro gol como profissional também não demorou para acontecer, no dia 15 de julho contra o Asa de Arapiraca em partida válida pela Copa do Brasil.

Mesmo que o ano de 2015 não tenha sido de boas lembranças para a torcida do Palmeiras no Campeonato Brasileiro, na Copa do Brasil o time acabou com o título e o jovem terminou como uma das maiores promessas do futebol nacional para 2016.

E este acabou por ser mesmo o ano da vida de Gabriel Jesus, que foi convocado para disputar com a Seleção Brasileira os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e conquistou a inédita medalha de ouro com a camisa canarinho.

Este sucesso olímpico também acabou rendendo para Gabriel convocações para o time principal, não sem antes chamar a atenção de um grande nome do futebol mundial: o treinador Pep Guardiola que ligou pessoalmente para garantir a contratação do jovem para jogar no Manchester City.

Gabriel Jesus foi vendido por 32,75 milhões de Euros, mas antes de ir definitivamente para o City ainda jogou até o final do ano no Palmeiras, ajudando o time a conquistar o título do Campeonato Brasileiro.

A chegada do jovem atacante em Manchester foi cercada de grande expectativa, com o jogador entrando em partida contra o Tottenham e em poucos minutos marcando o seu primeiro gol, que acabou sendo anulado pelo árbitro.

O início de Gabriel Jesus no Manchester City foi meteórico, colocando logo o grande astro do time Sergio Aguero no banco. Porém uma lesão deixou o jogador fora dos gramados por 3 meses.

Mesmo assim, estes primeiros 6 meses do jogador no time são mais do que espetaculares, com 7 gols e 4 assistências em apenas 10 partidas disputadas.